Chega a primavera e com ela uma época do ano na que chove muito. De facto, as primeiras chuvas após o inverno são um pouco mais perigosas, já que o asfalto tem restos de pó, sujidade, inclusive óleo e borracha que podem fazer a estrada mais escorregadia. Por isso, é preciso se tornar mais vigilante e levar em conta algumas dicas para saber conduzir com chuva. Quer as conhecer?

 

Como conduzir com chuva?

1. VERIFICAR OS PNEUS

O primeiro passo é verificar o estado dos pneus. Devemos rever tão a pressão como possíveis deformidades ou a profundidade do desenho. Este último aspeto é o mais importante, pois o desenho é o encarregado de evacuar a água à medida que avançamos.

Lembre-se sempre de verificar os pneus e tê-los em bom estado, seja a época que for, já que são os elementos que nos mantêm colados à estrada. Em Tirso Pneus, como fornecedores de pneus em Portugal, queremos dar-lhe as melhores dicas para conduzir com segurança e, se for preciso, oferecer-lhe uma oficina de confiança para manter o carro em perfeito estado.

2. VERIFICAR AS ESCOVAS DO PÁRA-BRISA

Outra das questões importantes é ter as escovas do pára-brisa em perfeito estado para que, ao ativá-las para conduzir com chuva, estas possam tirar a água sem problema.

De facto, ao conduzir com chuva é essencial ter os pára-brisas limpos. Há gente que até aplica uma camada de primário para a água escorregar rapidamente do vidro, o que será útil nos dias mais chuvosos.

3. TER AS LUZES EM BOM ESTADO

Durante os dias de chuva, a visibilidade é menor, quer porque o céu está muito nublado, quer pela água que cai. Por isso, é importante sinalizar bem que estejamos aí com as luzes de presença. Verifique que todas as luzes estejam a funcionar corretamente, bem como as luzes de travagem e os piscas para sinalizar bem as manobras. No caso de andar de mota, pode portar um colete refletor por cima da roupa. Se calhar que seja impermeável!

4. VERIFICAR OS TRAVÕES E AMORTECEDORES

Esta é outra das questões que deveria estar sempre em bom estado, e não só para conduzir com chuva. Se tem saído de viagem com o seu carro este inverno, deveria ter feito uma revisão dos travões e dos amortecedores. Se não é assim, vá agora. Estes também podem influir na condução com chuva, assim que não poupe em segurança.

5. NÃO DEIXAR OS PÁRA-BRISAS SE EMBACIAREM

Como temos referido anteriormente, ter os pára-brisas limpos é muito importante, bem o dianteiro como o traseiro e os vidros laterais. Se tal não for o caso, não veríamos bem nem através deles, nem com os espelhos, e nestes casos o baço pode executar uma função muito importante durante a condução.

Uma das melhores dicas sobre como conduzir com chuva é evitar os pára-brisas se embaciarem, pois, além de isto reduzir a nossa visão, pode ser motivo de tensão ao não ter visibilidade. Abra um pouco a janela, o suficiente para o ar entrar, mas não a chuva; ponha a unidade de tratamento de ar a uns 20 graus.

6. AUMENTAR A DISTÂNCIA DE SEGURANÇA

Outra das questões fundamentais é aumentar a distância de segurança com outros veículos, pois a distância de travão aumenta no asfalto molhado. É uma das questões que tem de decorar na hora de conduzir com chuva, pois pode fazer a diferença.

7. IR MAIS DEVAGAR E TRAVAR PROGRESSIVAMENTE

Além de aumentar a distância, deve reduzir a velocidade. No caso de ter de travar, seja num sinal luminoso, numa passadeira ou em qualquer outra situação, faça-o sempre com suavidade, ainda mais do que normalmente, para evitar o veículo patinar.

8. EVITAR A PINTURA, OS ESGOTOS E OS CHARCOS

Esta dica sobre como conduzir com chuva também se pode aplicar na hora de caminhar. A pintura e os esgotos são escorregadios, tanto pelas pessoas como pelos veículos, assim que convém evitá-los. Isto é especialmente importante se circula numa moto, já que a aderência nos dias de chuva é baixa.

Além disso, deverá evitar os charcos, pois também podem criar um problema, sobretudo se vai num veículo de duas rodas. No caso de não poder evitá-lo ao andar de mota, mantenha uma velocidade baixa e encarê-lo numa trajetória totalmente reta para não patinar.

9. SABER REAGIR À AQUAPLANAGEM

Se for tarde demais e já estiver a sofrer aquaplanagem, tem de manter a calma e lembrar que não pode tocar o travão ou a situação será ainda pior. Solte o acelerador e agarre o volante com força. Se se trata duma reta, logo notará que o carro volta a tracionar e poderá começar a travar. Se se trata duma curva, além de soltar o acelerador, vire o volante muito pouco para tentar de fazer a trajetória, e também logo notará a tração do carro e recuperará o controlo. É muito importante saber como conduzir com chuva, já que é uma coisa que pode acontecer a qualquer pessoa.

10. MANTER A CALMA

Finalmente, mantenha a calma, quer ao conduzir normalmente, quer ao ver que o veículo faz aquaplanagem. É muito normal os condutores estiverem nervosos ao conduzir com chuva, mas pense que, se segue estas dicas, é menos provável as coisas saírem mal.

Reveja o carro, verifique que os pára-brisas não se embaciem, consulte o tráfego, e a calma virá sozinha. Faça especial atenção se vai sobre duas rodas. Se vai num carro ou em qualquer outro veículo com tecto, qual é o problema? Desfrute da viagem!